COMISSÃO ORGANIZADORA DO XXXIX ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE SERVIÇO SOCIAL


Aos vinte sete dias do mês de junho de dois mil e dezessete reuniram-se as representantes da Comissão Organizadora do XXXIX Encontro Nacional de Estudantes de Serviço Social, no Centro Acadêmico de Serviço Social Dandara – UCSAL Salvador-BA. Tal reunião objetivava discutir a viabilidade da construção do referido encontro diante da conjuntura e das dificuldades financeiras frente ao baixíssimo número de inscrições.
Vale ressair, que o XXXVIII ENESS, realizado em Brasília, no ano de 2016, que tinha como intuito a revisão estatutária da Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social não atingiu a concretização do seu principal objetivo. Diante disso, foi convocado na plenária final um CONESS de caráter extraordinário, que projetava repensar os passos da ENESSO.
Dessa maneira, após longo processo, foi deliberado em CONESS extraordinário, realizado na cidade do Rio de Janeiro no mês de outubro de 2016 que por rotatividade o ENESS deveria ser sediado pela Região III (Bahia, Sergipe e Alagoas), dessa forma, respeitando as condições das demais Escolas que compõem a região e a deliberação da Executiva Nacional, foi proposta uma parceria entre as duas maiores Escolas de Serviço Social do estado da Bahia ( Universidade Federal da Bahia e Universidade Católica do Salvador) para a realização do evento.
Assim, o Centro Acadêmico de Serviço Social Dandara se comprometeu em dar andamento as atividades da executiva Nacional, todavia a parceria aludida não se efetivou como esperado, tornando maiores as dificuldades que seriam enfrentadas ao longo da construção do encontro. Para começar, a Escola sede apenas disporia de oito meses para a realização do evento, quando historicamente o tempo previsto é de doze meses ou mais, uma que vez a deliberação da próxima escola sede é retirada no ENESS anterior.
Ainda assim, persistimos e resistimos na tentativa de materialização do encontro por compreender a importância deste espaço e, sobretudo por respeitar a história politica e organizativa da Executiva Nacional. Ademais, esta seria uma oportunidade de viabilizar aos/as estudantes da Região III a participação em um encontro nacional, posto que muitos destes/as não tem podido compor este espaço pela condição de estudante trabalhador que nem sempre dispõe dos recursos necessários ao pagamento de inscrição e transporte, já que a 14 anos não se realizava ENESS na referida região.
Dessa forma, iniciaram-se as negociações com a reitoria da Universidade Católica do Salvador que se mostrou inicialmente muito solicita e parceira a realização do referido encontro, tendo inclusive proposto a alteração da data pensada pela Escola sede alegando indisponibilidade dos campi para as datas propostas.
Assim, fomos ao CONESS ordinário (realizado na cidade de São Paulo) com toda a proposta estruturada a partir da data sugerida pelo governo universitário. Ademais, diante do histórico de esvaziamento dos espaços políticos organizativos da categoria de estudantes, a Escola sede buscou elaborar uma programação de encontro que pudesse abarcar as inquietações dos/as estudantes no que tange à realidade histórica da executiva nacional.
A proposta inicial levada ao CONESS buscava garantir um espaço de reflexão propositiva diante da conjuntura e do novo perfil da categoria estudantil de serviço social. Entretanto, fomos engolidos pela “burocratização da dimensão política”, sendo necessário adequar toda a programação pensada à discussão do caderno de deliberações (ações da ENESSO) em detrimento de discutir a identidade da organização. Assim, a decisão do CONESS foi acatada e a programação foi reconstruída na perspectiva da revisão do caderno de deliberações.
Ao retornar do CONESS foi realizada negociação exaustiva com o governo universitário da UCSAL, e após dois meses, a reitoria da universidade informou que não mais cederia o espaço conforme comprometera-se anteriormente. Ressalte-se que tal recusa estava baseada em dissidências ideológicas, moralismo, fundamentalismo religioso e conservadorismo por parte da instituição privada.
Nesta conjuntura, ficamos a três meses da realização do encontro, sem espaço disponível e como a data aprovada no CONESS (alterada por solicitação da UCSAL), é período letivo para as Escolas do estado e do município, com possibilidades bastante restritas no que diz respeito à concessão de espaço para realização do evento. Assim, foram realizadas diversas solicitações a instituições, organizações da sociedade civil, entre outros, visando garantir a concretização deste, de maneira que obtivemos resposta do Sindicato dos Bancários da Bahia aos cinquenta e dois dias para a materialização do evento citado.
Ressalte-se que os encaminhamentos concernentes à realização do encontro tão-somente poderiam ser iniciados mediante a definição do local onde este ocorreria, pois a partir disto é que se definiria a logística necessária para garantir a estrutura do ENESS. De maneira que, após a garantia do espaço, encaminhamos as ações necessárias, tais como:
Divulgação do blog do ENESS;
Abertura das inscrições;
Visitas ao espaço do encontro;
Contatos com palestrantes;
Cotação de fornecedores de alimentos;
Revisão orçamentaria (macros e micros);
Diálogo com a comunidade;
Cotação de passagens e hospedagens.
Até este momento não recebemos inscrições suficientes (47 inscritos até o dia 28/06/2017) para garantir estrutura mínima imprescindível à realização do Encontro Nacional, posto que o local cedido pelo sindicato dos bancários é uma colônia de férias localizada em região de praia, sendo necessárias uma serie de intervenções para que o encontro com as dimensões de um Nacional pudesse ocorrer, quais sejam: instalação de tablados, toldos, sanitários químicos, containers de chuveiros, manutenção hidráulicas e elétricas, garantia de acessibilidade do espaço, ENESSINHO, fechamento da parte da piscina, entre outros. Além disto, o local não dispõe de cozinha com as instalações adequadas para a preparação das refeições in loco, o que tornou os custos do encontro consideravelmente mais altos, pois seria necessário comprar toda alimentação pronta frente a uma empresa terceirizada.
Neste momento, estamos a DEZOITO DIAS DA REALIZAÇÃO DO ENCONTRO e não dispomos dos recursos mínimos necessários para a garantia da estrutura indispensável. Assim, compreendendo a responsabilidade desta comissão organizadora com o bem estar de todas as pessoas que iriam compor esse espaço, a comissão organizadora do ENESS BARRIL DOBRADO decidiu por CANCELAR A REALIZAÇÃO DO ENCONTRO.
Assim sendo, a partir deste momento FICAM ENCERRADAS AS INSCRIÇÕES. Compreende-se, entretanto que, na conjuntura atual é mais do que necessário que a Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social consiga se estruturar enquanto organização de classe resgatando sua identidade e seu papel histórico na disputa por uma educação, pública, gratuita, laica, de qualidade, socialmente referenciada, classista e popular.

Respeitosamente,

COMISSÃO ORGANIZADORA DO XXXIX ENESS “BARRIL DOBRADO”

Anúncios

Sobre ENESSO

A ENESSO, Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social, é a entidade máxima de representação das/os estudantes de Serviço Social do país. Esta se coloca em defesa da universidade pública, gratuita, democrática, laica, popular, de qualidade, com ensino presencial e juntamente com outros movimentos sociais, luta por um novo projeto societário.

Publicado em 09/07/2017, em Geral. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: